Fonte de grande prazer e relaxamento

A massagem é usada há milhares de anos como um meio de acabar com o cansaço e a tensão. Mas é também através de toques básicos que muitos amantes descobrem uma fonte de grande prazer, assim como um meio de tornar o corpo muito mais receptivo e relaxado para o ato sexual. Segundo a sexóloga Rogéria Ribeiro, o objetivo da massagem sensual é o relaxamento máximo e, por isso, é importante criar um cenário confortável antes de aplicá-la no parceiro ou parceira.

Uma cama grande, com um colchão firme, ou até mesmo um lençol no chão, podem ser adequados. É interessante também colocar travesseiros ou almofadas debaixo do pescoço, das costas e dos tornozelos da pessoa que será massageada. "Certifique-se de que o quarto está aquecido e suavemente iluminado, com garantia de total privacidade", complementa Rogéria.

Ela ainda explica que se pode usar os movimentos de massagem individualmente, combinar dois ou mais deles ou fazer uma seqüência completa, começando nos pés e chegando até a cabeça. "Aprender os toques básicos de massagem é bem simples e rápido", destaca. Dentre os primeiros toques recomendados está o Effleurage, que se traduz em deslizar as palmas das mãos pela pele do parceiro, pondo o peso do seu corpo por trás do movimento. "Esse ato deve ser usado no início e no final da massagem em cada área do corpo", esclarece a sexóloga.

O próximo é chamado de Amassadura, que é curvar as mãos gentilmente e amassar a carne com um movimento suave e regular. Já o Pétrissage significa mover em círculos os nós dos dedos e polegares ao longo da espinha para suavizar a tensão muscular. "Mas não massageie a espinha em si, pois pode causar dores ao parceiro", alerta. A Entalhadura consiste em, mantendo os dedos relaxados, dar uma série de golpes enérgicos com a quina da mão, como Karatê, só que mais suavemente. Deve-se deixar os dedos relaxados, nunca rígidos.

Por fim, dois toques bem gostosos, de acordo com Rogéria Ribeiro, são denominados de "Percussão" e "Mãos em Concha". "A percussão envolve batidas leves e rítmicas, enquanto as mãos em concha envolvem batidas no corpo, alternando as mãos - que estão em concha - com os dedos juntos e os polegares dobrados para dentro", ensina.

Outra dica da especialista é para que, seja qual for a técnica de massagem escolhida, sempre se faça movimentos rítmicos, simétricos e completos. Use óleo apropriado e consulte o parceiro a respeito da pressão a ser usada, porque a massagem deve ser sempre um prazer para ambos. "Além disso, é importante aprender a se esquecer temporariamente das próprias necessidades e concentrar-se no prazer do parceiro. Dessa forma atingirá o objetivo desejado de conseguir dar e obter prazer plenamente", garante a sexóloga.