Origem das alianças

Para simbolizar o casamento que é considerado por muitos, um dos grandes eventos na vida de uma pessoa, usamos as alianças. Sua forma é um circulo que significa a unidade perfeita, sem começo ou fim, chegando assim à eternidade e para alguns ela representa santidade, perfeição e paz, assim como o Sol, a Terra e o universo.

Acredita-se que por volta de 2800 a.C., os egípcios usavam um anel para simbolizar o casamento. Dois mil anos depois, surgiu entre os gregos a crença de que um anel imantado usado no dedo anular da mão esquerda podia atrair o coração, isso pelo fato de se acreditar que neste dedo existia uma veia ligada diretamente ao coração.

As primeiras alianças eram feitas de ferro, alianças em ouro com pedras preciosas e tornaram-se moda na época Medieval.

Foi em 1549 no Livro de Orações Comuns que foi designada à mão esquerda como "mão do casamento", uma tradição reconhecida até hoje em todo o mundo.

Tipos de alianças

Muitos séculos se passaram da sua origem até hoje, e o homem foi criando vários tipos de alianças utilizando diversos materiais. Hoje encontramos alianças em ouro amarelo, modelos com texturas, relevo, vazados, com pedras que vão do eterno diamante até uma gema colorida e formatos inovadores, ou mesclada com ouro branco e ouro vermelho como o modelo da famosa aliança Cartier.

Hoje em dia não há limites para as alianças, mas existe quem prefira a tradicional aliança de ouro sem enfeites que nunca sairá de moda.

«
Exemplo de aliança inspirada no modelo Cartier.

Criada originalmente por Louis Cartier em 1924, a aliança Cartier é composta por três aros em ouro entrelaçados. O aro branco representa a amizade, o amarelo a fidelidade e o vermelho o amor.

Seu uso

Tradicionalmente no noivado, a aliança é utilizada no dedo indicador da mão direita. No casamento, a mesma é trocada para o dedo indicador da mão esquerda, no mesmo lado do coração.

Jovens gostam de usar aliança na mão esquerda quando estão namorando, para simbolizar um namoro forte e eterno, conhecida como a "aliança de compromisso" e normalmente usa-se a prata ou o ouro branco, isso não é uma regra, vai do coração dos jovens pombinhos na escolha do material.

Por ocasião do noivado é gravado na aliança da noiva o nome do noivo, e na aliança do noivo o nome da noiva. Isso é uma questão de usos e costumes, não necessariamente é preciso que seja feita esta gravação. Normalmente, nos dias que antecedem o casamento, as alianças de noivado são levadas para serem gravadas com a data do enlace.

Datas comemorativas

As bodas são os aniversários de casamento e existem três que se destacam das demais:

  1. Bodas de Prata, onde se comemora os 25 anos do casal, geralmente se comemora com uma missa e coloca-se um fio de prata ao redor das alianças para simbolizar esta data;

  2. Bodas de Ouro, onde se comemora os 50 anos do casal, novamente uma missa para comemorar e novas alianças são escolhidas para marcar esta data, geralmente são duas alianças conjugadas cravejadas com diamantes.

  3. Bodas de Diamantes, onde se comemora os 75 anos do casal, tradicionalmente coloca-se diamantes em volta da aliança.

Escolhendo a aliança

Sem dúvida alguma, escolher a aliança é a parte mais difícil, pela quantidade de opções que encontramos hoje, ouro amarelo ou ouro branco, com textura ou sem textura, com pedras ou sem pedras e vários outros fatores . Um dos fatores mais comuns hoje é sem dúvida o preço , mas como é a representação física de um propósito tão forte e nobre , deve-se fazer o sacrifício que for necessário para representar bem o sentimento .

 
noivado
noivado
noivado
noivado
tradicional
tradicional
tradicional
tradicional
 entrelaçados
texturizada
relevo
retangular
diamantes
diamantes
diamantes
diamantes